certificado
artigo


Apresentação

O II Colóquio Desleituras, que traz como tema “Desescritas E Desleituras Contemporâneas”, tem o intuito de compreender de que maneira as textualidades contemporâneas (produzidas, circuladas e recebidas a partir de outros suportes/materialidades, particularmente mediados pelas novas tecnologias) tem posto em xeque a função do autor e, logo, o papel do leitor, assim como o conceito de obra, além de trazer à cena outros atores como o tradutor e o editor.

Nosso objetivo é o de pensar as práticas de leitura/escrita que estas textualidades incorporam - e nestas pensamos particularmente naqueles atos de (des)leitura e (des) escrita que a contemporaneidade permite e mesmo fomenta (as adaptações, de um modo geral, e as traduções) – enfocando estes novos textos como o lócus da convergência entre os atos de leitura e escritura, processo pelo qual (de)escrevem-se textos (e formas,e materialidades) canônicos, configurando novas práticas leituras.

Neste sentido, esta leitura é pensada como poiesis - ato criativo, em que se atualiza(m)a(s) potencialidade(s) do texto, particularmente do literário (vide AGAMBEN, 2012), e a escrita como desleitura na acepção de Bloom (1995), isto é, apropriação desviante do outro e do texto do outro – texto escrevível, a ser lido sempre na perspectiva de uma abordagem comparada, isto é, em diálogo com outros textos, formas, materialidades.

Para tanto, o evento se estruturará a partir de uma conferência de abertura, dia 17/05, as 19h30, proferida pelo Prof. Dr. e tradutor Prof. Dr. Caetano Waldrigues Galindo tendo como tema “Lendo, revendo, vendendo Ulysses” e três mesas redondas, a saber: 17/05, as 14hs, “A tradução e o tradutor nas práticas de escrita e leitura contemporâneas: língua, identidade e cultura no jogo do texto”, 18/05, as 14hs, a mesa “Práticas de leitura na contemporaneidade” e dia 19/05 a mesa “As materialidades do texto na contemporaneidade: deslendo os conceitos de autor, leitor, editor(a) e obra”, além das sessões de simpósio, oficinas e minicursos.

Esta proposta de criar um fórum bienal para encontro de pesquisadores na área de leitura, literatura, tradução e adaptação parte do grupo de pesquisa Desleituras em série (dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1792517921828602), criado em outubro de 2014 no Departamento de Ciências Humanas, Campus IV, Jacobina.

Para sua realização, agradecemos a todos os nossos convidados, que gentilmente aceitaram compartilhar conosco de seus saberes e desleituras, bem como à FAPESB, à Pró-Reitoria de Extensão da UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (PROEX) e ao Departamento de Ciências Humanas de Jacobina, pelo apoio e financiamento que tornaram possível realizar a segunda edição do evento.

fotos
prazos

Comissão Organizadora

Comitê Científico

Grupo de Pesquisa

Grupos Parceiros

Comissão Organizadora

José Carlos Félix
Lattes

Juliana Cristina Salvadori
Lattes

Alessandro Felipe Silva Nascimento
Lattes

Benedita Teixeira Gama
Lattes

Davi Alves Oliveira
Lattes

Edilei Maécio P. Reis
Lattes

Jailda Passos Alves
Lattes

Jonathas M. Nunes
Lattes

Lídio Alberto S. Sousa
Lattes

Taciara Aristóvolo Andrade
Lattes

Comitê Científico

Juliana Salvadori(UNEB/MPED)
Lattes

José Carlos Félix (UNEB/Pós Crítica)
Lattes

Profª Dra. Denise Dias de Carvalho Sousa (UNEB)
Lattes

Davi Alves Oliveira (UNEB)
Lattes

Jane Quintiliano Guimaraes Silva (PUC Minas)
Lattes

Ana Maria César Pompeu (UFC)
Lattes

Mauren Pavão Przybylski (UNEB/Pós Crítica)
Lattes

Ana Lúcia Gomes da Silva (UNEB/MPED)
Lattes

Nabil Araújo de Souza (UERJ)
Lattes

Márcia Marques de Morais (PUC Minas)
Lattes

Grupo de Pesquisa

Desleituras em série: da tradução como interpretação, adaptação e deslocamento

O Grupo de pesquisa Desleituras em série pretende, como o título implica, repensar o ato da leitura a partir de outras perspectivas, encarando-a como prática transgressora e desviante: desler o texto é também mediá-lo para outros públicos, e, nessa perspectiva, os outros textos /textos outros - como as adaptações e as traduções (textos outros/dos outros, por excelência) sejam estas multimodais, intersemióticas, interlinguísticas - desempenham papel/tarefa fundamental: desleem os textos a partir de outras linguagens, culturas, línguas.

Linhas de pesquisa

Membros

Grupos Parceiros

Núcleo de Cultura Visual, Educação e Linguagem (Cult-Vi)

Núcleo de Cultura Visual, Educação e Linguagem (Cult-Vi)

Saiba mais

Grupo de Pesquisa Diversidade,formação, educação básica e discursos(DIFEBA)

Grupo de Pesquisa Diversidade,formação, educação básica e discursos(DIFEBA)

Saiba mais

Grupo de Pesquisa Linguagem, Estudos Culturais e Formação do Leitor (Lefor)

Grupo de Pesquisa Linguagem, Estudos Culturais e Formação do Leitor (Lefor)

Saiba mais

Convidados

Caetano Waldrigues Galindo
Professor da UFPR, doutor em linguística pela USP. Vencedor do prêmio Jabuti por sua tradução do "Ulysses" de James Joyce (2012), também premiada pela Academia Brasileira de Letras e pela APCA, que escolheu ainda sua tradução de "Graça Infinita", de David Foster Wallace como a melhor do ano de 2014.
Lattes

Nabil Araújo de Souza
Professor de Teoria da Literatura na graduação e na pós-graduação em Letras da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Coordenador de Graduação do Instituto de Letras da UERJ. É licenciado e bacharel em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Lattes

Wander Melo de Miranda
Professor titular de Teoria da Literatura da Universidade Federal de Minas Gerais aposentado, diretor da Editora UFMG (2000-2015), coordenador do projeto de pesquisa Acervo de Escritores Mineiros.
Lattes

Sandra Mara Stroparo
Doutora em Teoria Literária pela Universidade Federal de Santa Catarina (2012), com trabalho sobre Mallarmé. Professora Literatura Brasileira e Teoria Literária na Universidade Federal do Paraná.
Lattes

Ana Claudia Coutinho Viegas
Doutora em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997). Professora associada do Instituto de Letras da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: contemporaneidade, novas tecnologias, memória, imagem, acervos literários e vida literária.
Lattes

Abílio Pacheco de Souza
Professor Assistente da Universidade Federal do Pará, Membro de corpo editorial da Revista EisFluências e colaborador da Universidade Federal do ABC. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária. Atuando principalmente nos seguintes temas:cidade, utopia, distopia, crítica social, Chico Buarque e Benjamim.
Lattes

Ana Maria César Pompeu
Doutora em Letras Clássicas, pela Universidade de São Paulo (2004). Realizou um estágio pós-doutoral (Letras Clássicas) na Universidade de Coimbra, em Portugal (2010). Atualmente é professora associada da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Letras Clássicas, com ênfase em Teatro Clássico, atuando principalmente nos seguintes temas: Aristófanes, Comédia Antiga, Aristófanes e Platão, Pólis e Comédia, Justiça e Comédia, Mulher e Comédia, Crítica Literária em Aristófanes.
Lattes

Raquel Nery Lima Bezerra
Doutora em Letras pela UFBA (2014), professora Assistente da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia, onde atua na interface Linguagem e Educação, ocupando-se com a metodologia do ensino de língua portuguesa para as Licenciaturas em Letras e Pedagogia, em práticas de estágio docente, alfabetização e letramentos para a Educação Básica. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa em Linguagem e educação - GELING e coordenadora adjunta do Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (LIFE UFBA). Atualmente pesquisa questões relativas à didática do Português Materno em contexto de letramento científico. Lattes
Lattes

Roberto H. Seidel
Professor permanente no Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural, disciplinas Teorias e críticas da cultura, Literatura e cultura política, Literatura e biopolítica, junto à Universidade do Estado da Bahia, Campus II. Trabalha na Universidade do Estado da Bahia, Campus II, atuando na graduação em Letras e na especialização em Estudos Africanos. Além disso, tem experiência na área de Letras Germânicas - ensino de língua alemã e tradução -, bem como na área de editoração e normalização de publicações científicas.
Lattes

Osmar Moreira dos Santos
Um dos criadores e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural, produziu e conseguiu aprovar projetos de infraestrutura relevantes, a exemplo do subprojeto Estação do Livro Digital (ProEquipamentos Capes 024/2012), o projeto Potências transnacionais emergentes (FAPESB - PRONEM 09/2014) além de coordenar o PROCAD entre o Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural e o Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da UFMG, com o Projeto Arquivos literários e culturais: representações e políticas do valor (MCT/CNPq/MEC/CAPES - Ação Transversal nº 06/2011) Lattes

Programação

PDF

17.05 8h OFICINAS
8h Credenciamento
14h Mesa de abertura
15h Mesa-redonda – A tradução e o tradutor nas práticas de escrita e leitura contemporâneas: língua, identidade e cultura no jogo do texto
Prof.a Dr.a Sandra M. Stroparo (UFPR), Caetano Waldrigues Galindo (UFPR), Prof.a Dr.a Ana Maria César Pompeu (UFC)
17h30 Programação cultural / Lançamento de livros
19h30 Conferência de abertura – Prof. Dr. Caetano Waldrigues Galindo (UFPR)
18.05 8h - 12h MINICURSOS
14h Mesa-redonda - Práticas de leitura na contemporaneidade
Prof.a Dr.a Raquel Nery Bezerra (UFBA); Prof.a Dr.a Ana Claudia Viegas (UERJ); Prof. Dr. Nabil Araújo (UERJ)
18h Programação cultural / Lançamento de livros
19h30 Simpósios
19.05 8h - 12h MINICURSOS
14h Mesa-redonda – As materialidades do texto na contemporaneidade: deslendo os conceitos de autor, leitor, editor(a) e obra
Prof. Dr. Wander Melo Miranda (UFMG), Prof. Dr. Roberto W. Seidel (UNEB), Abílio Pacheco (UFPA)
Mediador: Osmar Moreira
18h Programação cultural / Lançamento de livros
19h Simpósios
20.05 7h30 Passeio turístico

Informações Gerais

Hotéis

Restaurantes

Emergência

Trilhas e Cachoeiras

Outras Informações

Informações Gerais

A região é favorecida por Serras, canyons, desfiladeiros, cachoeiras e lagos é um verdadeiro encanto para os fãs do turismo ecológico. São inúmeras serras e morros dentre os quais pode-se destacar Serra do Tombador, Monte Tabor, Morro dos Ventos Uivantes e Pico do Jaraguá. Quanto as cachoeiras, a regiãoconta com mais de 45 quedas d’água que estão reunidas no Parque das Cachoeiras - criado pela Bahiatursa em parceria com a Prefeitura Municipal - e na Estância Ecológica Bandeirantes, sendo que as mais procuradas são: Aníbal, Alves, Pirâmide,Véu de Noivas, Andorinhas, Caldeirão, Amores, Esplendor do Sol, Viúva e Paulista. Na localidade de Itaitú, a aproximadamente 15 km da sede, está a mais alta queda d’água, a Cachoeira Véu de Noiva; com 60 m de pura adrenalina, que desembocam em um poço ótimo para mergulhos.
Além das belas paisagens e banhos de cahoeira, a grande concentração de serras, morros, vales e canyons propicia a pratica de atividades como: trilhas de mountain bike, trekking, rapel e vôo de asa delta, o que faz da região um verdadeiro paraiso para a prática de turismo de aventura.


SAIBA MAIS
http://www.jacobina.ba.io.org.br/
http://www.ispiaki.com.br/index.php
http://www.mundi.com.br/Fotos-Jacobina-2711505.html


TRANSPORTE
Para chegar em Jacobina, que fica a 331 km da capital, é preciso trafegar pela BR 324, via Feira de Santana até o município de Capim Grosso. A partir daí, o motorista deve seguir a sinalização até o destino.
A empresa de ônibus que possui uma linha direta de Salvador para Jacobina é a Falcão Real/São Luiz. Tel: (71) 3388-7272 / 3560
HORÁRIOS

Hotéis

Fiesta Park Hotel

Av. Gov. Paulo Souto, 700 - Catuaba,
Jacobina - BA, 44700-000

http://www.fiestaparkhotel.com.br/

(74) 3621-3324

Serra do Ouro

Largo Monte Tabor, s/n - Caixa D'água,
Jacobina - BA, 44100-700

hotelserradoouro.com.br

(74) 3621-3324

Hotel Jovem Jota:

Rua Antônio Teixeira Sobrinho, 200 - Missão,
Jacobina - BA, 44700-000

hoteljovemjota.com.br

(74) 3621-3203

Hotel.com

R. Manoel Novaes, 164 - Centro,
Jacobina - BA, 44700-000

(74) 3621-4647

Email: hotel.comjacobina@gmail.com

Hotel e Restaurante Coelho

Rua Morro Do Chapéu, 110 - Missão
Jacobina - BA, 44700-000

(74) 3621-3181

Email:hotelerestauratecoelho@hotmail.com

Hotel e Restaurante
Point da Missão:

Rua da Missão, 116 - Missão,
Jacobina - BA, 44700-000

(74) 3621-4800

Email:hoteldasmissoesjacobina@hotmail.com



Restaurantes

Rancho Catarinense

Av. Orlando Oliveira Pires, 200 - Centro

(74) 3621-3602

Abre: 11h30

Restaurante BR da Praça

Praça Dois de Julho, 40 - Centro

(74) 3621-2673

Aberto: 08:00–20:30

RESTAURANTE KOISA DA CHINA

Rua Antônio Teixeira Sobrinho, 22 Missão

(74) 3622-1435

Abre: 11h as 15h e 18h a 23h

Delivery

PIZZARIA E SORVETERIA PONTO CHIC

Rua da Missao, 168 Missão

(74) 3621-6077

RESTAURANTE E PIZZARIA LA BELLA MASSA

Rua J. J. Goveia, Em frente a Igreja da Missão

(74) 3621-0539

DEGUST PIZZARIA E RESTAURANTE

Rua Senador Pedro Lago - Centro

(74) 3621-4388

LANCHES

Ykedin - Restaurante Delivery Oriental

Bairro do Leader, Jacobina

(74) 3622-2719

ykedin.com.br

Aberto até às 12:00

Subway

Av. Orlando Oliveira Pires, 378 - Centro

(74) 3622-2382

Abre às 09:30

SAN DIEGO LANCHES

Alto da Missão, 276 Missão

(74) 3621-5756

Delivery

O Sobrado Ice Café

Praca Castro Alves 44 - Matriz

(74)9971 4480

Emergência

Hospital Antônio Teixeira Sobrinho

Praça Dois de Julho, s/n - Missão

(74) 3621-6585

Clínica Santa Bárbara (Particular)

R. Melchior Dias, 66 - Centro

(74) 3621-3423

Samu/UPA 24H

Tel: 192

Hospital Regional Vicentina Goulart (Particular)

R. Alberto Tôrres, 370

(74) 3621-3224



Trilhas e Cachoeiras

CACHOEIRA DOS AMORES

CACHOEIRA DOS ALVES

VEU DE NOIVA


CACHOEIRA DA VIÚVA

CACHOEIRA DO BRITO

PICO DO JARAGUÁ


A VILA DE ITAITÚ

Adventure Valetur


PARQUE DAS SETE PASSAGENS

Site



Outras Informações

Inscrição

As propostas para simpósio deverão ser submetidas pelo site do evento devem contemplar um dos seguintes eixos:

  1. Desleituras e desescritas: apropriações, adaptações, traduções;
  2. Materialidades e textualidades: o jogo do texto;
  3. O autor, o leitor e a obra;
  4. Leitura e formação de leitores;
  5. Leitura, escrita e hipermídias;
  6. Letramentos;
  7. Língua, identidade, cultura.

Os proponentes (até dois coordenadores por proposta) devem ser mestres ou doutores.

As propostas de simpósio devem especificar em seu resumo (até 500 palavras, 3 a 5 palavras-chave, Times New Roman, 12): aporte teórico, objetivos e metodologia, bem como referências. (INSCRIÇÃO)

Os simpósios serão analisados e aprovados pelo comitê científico.

Data de inscrição das propostas: até 30/03/2017.

Data de divulgação da lista de Simpósios aprovados: 03/04/2017

O formato de simpósio foi pensado por proporcionar maior espaço para debate. Cada simpósio deverá ser mediado pelos coordenadores/proponentes, obrigatoriamente, e conter no mínimo 03 apresentações por turno. Cada comunicação terá 15 minutos.

Recomendamos que sejam agrupadas em bloco de 3, seguidas por 30 minutos de debate.

As propostas para minicurso e oficina (até 500 palavras, de 3 a 5 palavras-chave, Times New Roman, 12) deverão ser submetidas pelo site do evento e devem indicar aporte teórico, objetivos, justificativa, metodologia, bem como referências. (INSCRIÇÃO)

Oficinas e minicursos poderão ser propostas por doutores, mestres e especialistas (graduados e/ou graduandos podem submeter em conjunto com seus professores orientadores). Duração da atividade: 4 horas ou 8 horas.

As oficinas serão ofertadas nos dias 18 e 19, de 8h as 12h.

Data de inscrição das propostas de oficina ou minicurso: até 30/03/2017.

Data de divulgação das propostas aprovadas: 10/04/2017.

As oficinas serão analisadas e aprovadas pelo comitê científico do evento.

As propostas aprovadas devem encaminhar textos e/ou atividades demandadas por suas propostas por meio do email desleiturasemserie@gmail.com a partir de 03/04/2017 a 24/04/2017. Estas serão disponibilizadas no site a partir de 28/04/2017.

As propostas para comunicação (até 500 palavras, de 3 a 5 palavras-chave, Times New Roman, 12) deverão ser submetidas pelo site do evento e devem indicar aporte teórico, objetivos, justificativa, metodologia, bem como referências. (INSCRIÇÃO)

Podem submeter propostas: professores de educação básica, graduandos, graduados, especialistas, mestres e doutores.

Cada proposta deve obrigatoriamente selecionar o EIXO para o qual se destina.

Serão aceitas até duas propostas de comunicação, seja em autoria ou co-autoria. Cada proposta de comunicação pode indicar até dois proponentes.

As propostas serão analisadas e aprovadas pelos coordenadores do simpósio as e terão duração máxima de 15 minutos.

Data de inscrição das propostas de comunicação: até 20/04/2017.

As comunicações serão selecionadas pelos comitê científico.

Data de divulgação das propostas aprovadas: 01/05/2017.

Data do envio dos artigos completos: 31/07/2017.

DATAS IMPORTANTES

TIPOS DE PROPOSTA INÍCIO TÉRMINO DIVULGAÇÃO
Simpósios 20/12/2016 30/03/2017 03/04/2017
Minicursos e oficinas 20/12/2016 30/03/2017 10/04/2017
Comunicações 27/02/2017 20/04/2017 01/05/2017
Ouvinte em Minicursos/oficinas 03/04/2017 08/05/2017 ----------